Um outro olhar sob o vermelho

Os significados das cores podem ser dramaticamente diferentes de cultura para cultura.

A maioria dos dicionários define o adjetivo de “vermelho” referindo-se ao fogo ou sangue. Como representante do calor e do coração, o vermelho invoca sentimentos fortes tanto no sentido positivo quanto negativo.

Nas culturas ocidentais, o vermelho também simboliza emoção e #paixão, amor e perigo.

Na China, o vermelho representa felicidade, boa sorte e #prosperidade.

😔 Enquanto isso, a África do Sul associa vermelho com #luto.

Nas Bolsas de Valores da Ásia Oriental, o #vermelho significa um aumento nos preços das ações, enquanto significa nos mercados norte-americanos uma queda.

Independente do ambiente, o vermelho NÃO deve ser usado em excesso, pois é muito estimulante.

🦍🐒🚶 O vermelho é frequentemente visto como um sinal de domínio nos primatas, enquanto que a mesma cor pode ser vista como um aviso noutros contextos (Weidman, Burt, Hill & Barton, 2015).

Um estudo publicado na Nature, em 2005, mostrou um resultado surpreendente a respeito do impacto das #cores nos uniformes de lutadores. Nos jogos olímpicos de 2004, atletas de quatro modalidades esportivas de combate (boxe, tae kwon do, luta Greco-romana e luta livre) receberam uniformes vermelhos ou azuis de forma aleatória.

Surpreendentemente, a estatística mostrou que os participantes com uniformes vermelhos venciam mais lutas do que os que vestiam azul, em todas as modalidades avaliadas. (Hill e Barton, 2005).

Uma hipótese para os resultados encontrados é a de que eles poderiam estar relacionados com o fato de que o vermelho é a cor do sangue, nossas faces ficam rubras quando ficamos com raiva, e isso poderia ser um sinal percebido instintivamente em uma luta.

Além disso, os homens são classificados como mais agressivos e mais dominantes quando fotografados com roupas vermelhas versus cinzentas ou azuis (Weidman et al., 2015 ).

Temos outros posts publicados falando sobre a cor vermelha. Confira e #compartilhe nosso s conteúdos 🙂

#neuromarketing #cromoterapia #psicologiadascores #neurociencia

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.