fbpx

Por que certos alimentos são tão amados pelo público?

Batatas fritas, hambúrgueres, massas, #refrigerantes e doces são muito populares. Mas por que nós amamos tanto esse tipo de alimento? 

O que nos atrai não é o #carboidrato presente nas batatas, mas a gordura da fritura. É uma herança dos tempos em que não éramos civilizados e a alimentação era escassa. Animais precisam de gordura para o funcionamento celular, e é difícil obtê-las na natureza. Por isso, o corpo tem um mecanismo que nos leva a consumir mais.

O sabor gorduroso, salgado e o doce, são considerados simples, porém certeiros no paladar das pessoas.

E alimentos mais saudáveis, como frutas e vegetais frescos, têm a reputação de serem mais caros (o que nem sempre é o caso).

 
 

É mais do que sabor.

Várias combinações de açúcar e gordura criam texturas que as pessoas gostam. A gordura torna os alimentos macios e cremosos, como sorvete e manteiga.

Batata com amido e chips de milho cozidos em óleo quente têm uma #crocância além de salgadinhas que satisfaz o #paladar.

Comer esse tipo de alimento se torna um #hábito.

De acordo com a #nutricionista Camila Silva, da Faculdade Santa Rita/MG, o nosso corpo entende a #gordura, açúcar e afins como fonte de energia, estimulando, desse modo a liberação de hormônios que geram prazer no nosso corpo.

 

Além disso, existe uma questão cultural fortemente ligada à nossa #alimentação.

Nesse sentido, a maneira como nos alimentamos quando mais jovens têm um impacto direto no nosso futuro. Por exemplo, quando oferecemos às crianças alimentos ultraprocessados, os quais são produzidos a partir de açúcares, gorduras e substâncias nocivas à saúde, estamos educando os seus paladares, fazendo com que se acostumem com isso.

Alimentos marcantes, fáceis de achar, rápidos de se comer e, além disso, nos causam uma sensação de bem-estar quase automática após ingeridos. Porém, é muito importante que nós tenhamos #consciência da maneira como eles podem afetar a nossa saúde, seja física ou emocional.

 

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *