fbpx

Neurobranding – Use a “memória familiar”

O relacionamento de um consumidor com uma marca específica é baseado em uma série de “experimentos” que geram sentimentos únicos no seu público-alvo.⠀

Nesse sentido, é fundamental que as marcas construam uma relação de confiança com as pessoas a fim de direcionar as tomadas de decisões no cérebro dos seus clientes.

 

O seu consumidor quer que você se concentre nele – o cérebro dos seres humanos é “egocêntrico”, então ele está frequentemente em busca de benefícios para si próprio.

Portanto, preste atenção: não é sobre o que a empresa oferece, mas sim sobre o que o cliente receberá. Mostre para o seu consumidor quais são as reais vantagens que o seu produto ou serviço irão lhe dar, assim, o cérebro do seu cliente irá associar o seu discurso com uma “necessidade” que o trará bons resultados.

  • Explique o porquê do seu serviço ser melhor – de acordo com um estudo realizado pela Harvard Business Review, o cérebro humano anseia por #contraste, ou seja, está em constante busca do que lhe pode oferecer uma melhor experiência na sua tomada de decisão.
  • É importante, portanto, facilitar o entendimento do seu consumidor nesse quesito, mostre para ele a diferenciação do seu produto logo de cara.
  • Use a “memória familiar” – o autor Christophe Morin sempre ressalta que o cérebro humano está em busca constante do que é concreto e reconhecível. As pessoas não querem ter que “pensar”, então facilite ao máximo a compreensão da mensagem para eles por meio da utilização de imagens e conceitos familiares. Torne a sua marca “reconhecível” e os consumidores irão confiar mais no que você vende e diz.

Além disso:

  • Use recursos visuais – o cérebro responde à recursos visuais mais rapidamente do que em recursos textuais;

 

 Pesquise emoções – se conecte emocionalmente com o seu público e aumente a lembrança positiva da marca

 

Seja a marca a qual o cérebro do seu consumidor irá escolher! 

 

#marcas #neurodesign #neuromarketing #neurociencia #neuropsicologia #cursodeneuromarketing #neurologia

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *