fbpx

Quais são os riscos do aumento do nível do hormônio do estresse?

O aumento do #cortisol gera o estado de alerta que foi muito útil ao homem no início das civilizações, já que eles enfrentavam os mais variados perigos para manterem-se vivos. Em épocas remotas, o pico de estresse foi muito útil para as fugas de animais selvagens. Isso ajudou a garantir a sobrevivência da espécie.

 

A segunda-feira chegou

Se alguém está passando por uma situação de pressão no trabalho, o #cérebro percebe e responde com alterações que farão a pessoa reagir com maior eficiência sobre este fato.

 

PORÉM, se o organismo se mantém sob este estado de alerta por muito tempo, podem ser gerados vários problemas físicos, como por exemplo: #gastrite enxaquecas, problemas de pele, cardíacos, entre outros.

 

Regule a resposta ao medo através do aprendizado

O #medo da reprovação de seu trabalho pode ser grande na primeira vez, mas depois se aprende que não há perigo quando seu diretor apenas solicita alguns ajustes se  necessário.

 

A #ansiedade é um dos principais sintomas do estresse, e de modo geral pode ser considerada como uma resposta INADEQUADA ao medo.

 

Quando a noite cai

Durante a manhã, há um pico de cortisol para manter a pessoa em estado de alerta, e é nesse momento que o nível está mais alto. Com o passar do dia, esse nível diminui e o organismo vai sendo preparado aos poucos para o #sono. Porém, se houver um pico de #estresse, o corpo volta a produzi-lo imediatamente.

 

Quais são os riscos do aumento do cortisol?

#Infarto do miocárdio

#Obesidade

#Imunossupressão

#DoresMusculares

#Quedadecabelo

#Alteraçãodosono

 

– Pratique atividades físicas

– Não pule refeições durante o dia

– Evite ter sono irregular

– Procure não se estressar com a rotina

– Não consuma bebidas alcoólicas

– Elimine o excesso de #café

– Exercite sua inteligência emocional

 

Para mais informações, consulte um #nutricionista, profissional que trabalhe na #saúdemental ou uma consulta médica. Fontes: Hipolabor e Psicologia Viva.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *