fbpx

Aromas, emoções e memórias. O poder do marketing olfativo

📝 Em 1999, na Universidade de Rockefeller (Nova York), os cientistas Richard Axel e Linda Buck, vencedores do prêmio #Nobel de medicina de 2004, realizaram um estudo que revelou que o ser humano é capaz de lembrar-se de 35% dos odores e armazenar 10.000 aromas diferentes ao passo que armazena apenas 5% de imagens e reconhece apenas 200 cores e 2% de sons.

👃 Por que a #memória olfativa é tão poderosa?
O córtex olfativo está conectado ao sistema límbico (do latim “limbus”: anel, em torno de, margeando, ao redor). É formado por um conjunto de estruturas do cérebro que são responsáveis primariamente pelo controle das emoções e, secundariamente, participa das funções de aprendizado e memória. Esse sistema é responsável, pelo registro das nossas #memórias emotivas — e é por isso que aromas, emoções e memórias se relacionam entre si.

🤰 Nosso primeiro contato com o mundo é mediado pelo odor materno.

Gosto e olfato são sensibilidades químicas e estão interligados. Ao perceberem substâncias químicas na cavidade oral e nasal, o sistema gustatório e o olfatório trabalham conjuntamente.

Resumindo, a #MemóriaOlfativa é a capacidade que o olfato tem de fazer a pessoa se recordar com rapidez e intensidade de algum evento. Pode ser sabiamente explorada como um elemento de #marketing e de aumento de vendas em qualquer tipo de negócio.

😎 Quer se diferenciar?
👇 Leia isto.
Da avalanche de #publicidade que recebemos diariamente, boa parte concentra seu uso em apenas dois sentidos: visão e audição.

Das mil maiores empresas listadas pela Fortune, apenas 3% declaram ter usado o olfato como canal de #comunicação.

A relação com o #cheiro transforma toda a experiência de compra.
– Estimula o desejo dos clientes
– Torna a sua marca marcante e promove a fidelização
– Melhora a experiência do cliente
– Aumenta o tempo de permanência dos clientes
– Atrai novos clientes
– Aumenta a percepção de valor do produto/serviço
– Melhor desempenho no ambiente de trabalho

😉 Compartilhe.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *